Os 8 Passos do Yoga de Patanjali  e o homem contemporâneo.

A forma como nós nos cuidamos e a qualidade da nossa observação sobre nós mesmos também é um nível importante de consciência. Quanto mais afinada nossa atenção ao nosso comportamento com a nossa própria mente, corpo e ações maior a possibilidade de concretizar e materializar nossas intenções mais profundas. A forma como agimos com a gente mesmo pode nos dizer muito mais do que o nossa educação, nossos estudos, nosso trabalho, nosso nível social, etc. É nessa observação que passamos a conquistar um nível maior de validação da nossa existência, podendo, a partir daqui, seguir em um caminho verdadeiro de autoconhecimento.

Para trabalharmos essa consciência seguem algumas perguntas que serão feitas como ponto de partida:

  • Como eu cuido da minha higiene física e mental? Esse assunto tem atrapalhado alguma área da minha vida?
  • Eu sou capaz de apreciar o que eu tenho? Sou capaz de apreciar e honrar de onde eu vim, minhas raízes? Eu aprecio as minhas conquistas, mesmo que pequenas?
  • Como está a minha disciplina para obter as minhas metas? Eu cuida dessa área diariamente. A falta de disciplina tem afetado alguma área da minha vida?
  • Quanto tempo do meu dia eu dedico ao meu estudo sobre as minhas condições? Que tipo de reflexões eu tenho feito sobre a minha vida, minhas crenças e atitudes? Essas reflexões tem me ajudado a evoluir? Tem dado resultados positivos?
  • Qual é o meu nível de entrega em tudo o que faço? Como está a minha necessidade de controle sobre tudo o que acontece? Eu reconheço as forças e leis da natureza que são maiores do que eu?

TAREFA PRÁTICA: Reservar de 10 a 15 minutos antes de começar suas tarefas do dia para fazer uma introspecção com as perguntas acima tendo em consideração seus planos para o dia que se inicia. Apenas observe fazendo as perguntas, procure não entrar em julgamentos.