Os 8 Passos do Yoga de Patanjali  e o homem contemporâneo.

A partir do momento que permitimos que todo o nosso potencial como humano seja ativado através do estado da presença total, nossa consciência passa a reconhecer tudo aquilo que está a sua volta e a própria consciência atinge seu ponto máximo de observação, ai então nós nos deslocamos daquilo tudo que podemos chamar de meu e passamos a estar em nossa natureza intrínseca  de observação.

Ter a capacidade de observar aquilo tudo que simplesmente passa por nós significa ser aquele que não passa, essa parte  que fica para ver é a nossa essência e tudo aquilo que vemos não é essencial. Este é um estado muito elevado de consciência desejado pelos mais dignos buscadores espirituais.

Se pudermos, através das práticas e de nossa intenção de harmonia e felicidade, pelo menos vislumbrarmos que alcançar essa consciência daquilo que é eterno em nós é a meta de todo ser humano já estaremos em um estado distinto daquele que estávamos antes e este estado ativará nossa inteligência evolutiva nos fazendo exalar uma fragrância humana de felicidade, amor, gratidão e compaixão que inspirará outros a buscarem este estado também.

 

TAREFA PRÁTICA: Continuar as práticas dos outros passo que te  trouxeram até aqui com a intenção de poder compreender sua meta como humano que é reconhecer aquilo que é eterno em você mesmo e também nos outros e desfrute dessa plenitude.